IMP
Consultoria

Implementação do Comitê da Mulher na empresa

Entrar em contato

Passo a passo e objetivos

Para que seja possível a implementação de um Comitê da Mulher nas empresas, primeiro é feita uma reunião para obter um diagnóstico dos gestores e RH. Identifica-se aqui, por exemplo, se já houve relatos de colaboradoras que foram vítimas de violência doméstica, se existe pesquisa de clima ou se há ações de equidade de gênero na empresa.

A análise de todas essas informações vai gerar um relatório para que, assim, seja possível chegar ao segundo momento: oficina de capacitação com gestores, RH, lideranças formais e informais.

Entre os objetivos, podemos citar: multiplicar os conceitos aprendidos, conseguir detectar situações de colaboradoras que são vítimas de violência doméstica e entender como isso impacta o seu desempenho, fazer a escuta ativa e acolhedora dessas mulheres etc.

Na terceira fase, há uma palestra de sensibilização com os funcionários da empresa e, por fim, a composição do Comitê da Mulher a partir de um guia de implementação, com indicações de um plano de trabalho, criação de um regimento interno e divulgação nos canais de comunicação.

Por que é importante

Acreditamos na importância dos colaboradores no projeto para que as informações não se percam após a intervenção do Instituto Maria da Penha. Com alcance ainda maior, os conceitos podem ultrapassar o ambiente de trabalho, chegando às famílias e aos círculos de amizade de todos os envolvidos.

Público-Alvo

Gestores e funcionários de empresas públicas e privadas.

Duração

10 horas + acompanhamento durante 6 meses

Contato

Para contratar e obter mais informações, entre em contato pelo e-mail: atendimento@institutomariadapenha.com.br

Entrar em contato

A Central de Atendimento à Mulher é um serviço criado para o combate à violência contra a mulher e oferece três tipos de atendimento: registros de denúncias, orientações para vítimas de violência e informações sobre leis e campanhas.

Não se cale, denuncie.